Menu principal

MENU

Biotério

O Biotério tem por finalidade fornecer animais para serem utilizados em aulas práticas, pesquisas ou em exames laboratoriais. Está destinado à criação e manutenção de animais de laboratório, em condições sanitárias dentro de padrões estabelecidos, para serem utilizados na pesquisa científica, no ato cirúrgico, fornecendo um fluxo contínuo de animais em condições padronizadas.
Dentro dos critérios gerais de programação do biotério, levam-se em consideração os seguintes fatores: definição do padrão sanitário; densidade de ocupação animal; tipo de caixa e estantes; necessidades de isolamentos; espaços auxiliares; largura e comprimento, arranjo interno dos espaços; informações a respeito da circulação do tráfego, tais como entrada de caixa, ração, saída de lixo, lavagem de materiais; tipo de linhas de serviço (água, gases, energia); rotas de acesso e saída.

Os biotérios de experimentação devem ser projetados e construídos de acordo com o grupo de risco dos agentes que serão utilizados nos experimentos “in vivo” e devem atender as recomendações de biossegurança emanadas pelas autoridades competentes no país.

Legislação brasileira para uso de animais em pesquisa e ensino

Lei 11.794, de 08/10/2008
Estabelece critérios para a criação e a utilização de animais em atividades de ensino e pesquisa científica, em todo o território nacional.

Tipo de Biotério CEUA FACENE/FAMENE

Biotério de criação – tipo 1

  • Onde são produzidas e mantidas as matrizes das linhagens;
  • Controle rigoroso da saúde dos animais e esquemas especiais de acasalamento para manutenção das características genéticas.
  • Instalação em áreas isoladas, distantes de centros urbanos;
  • Normas para o transporte dos animais devem ser observadas.

Biotério de experimentação – tipo 2

  • Recebem animais do biotério de criação ou de produção;
  • Os animais ficarão alojados durante um determinado período experimental;
  • Construção deve ser próxima à do laboratório de pesquisa;
  • Instalação de barreiras sanitárias de proteção, tanto para o trabalhador quanto para o meio ambiente

Modelos de Animais em Pesquisa

Wistar-Han

Os animais utilizados são os Ratos (Roedor da Fam. Muridae, Rattus, linhagem Wistar – rato branco).

Instalações e Equipamentos

Planejados para manter a segurança de usuários, animais e meio ambiente.

  • Salas ou áreas específicas para animais, lavagem e preparo de materiais.
  • Depósitos.
  • Administração/sala CEUA.
  • Banheiros com chuveiro /Vestiários/masculino e feminino.
  • Laboratórios.
  • Climatização (temperatura, umidade e ventilação adequadas)

Previsão de uso dos ratos

A previsão da quantidade de animais a ser utilizado na pesquisa deve ser solicitada pelo pesquisador, no ato da entrega do protocolo ao CEUA. Esta previsão é necessária e determinante para o dimensionamento das colônias mantidas e para a programação interna do funcionamento do Biotério de Produção de Ratos.

Selo – SAEME
Selo – Hospital Universitário Nova Esperança
Selo – Ciencias sem Fronteiras
Selo – Anjos
Selo – Fisio
Selo – abmes
Selo 2
Selo 1