Faculdade Nova Esperança - brand

Graduação em Farmácia

O CURSO DE FARMÁCIA FACENE

O Curso de Graduação em Farmácia, Portaria de Autorização nº 818, de 29 de outubro de 2016 da Faculdade Nova Esperança – FACENE, tem por objetivo formar Farmacêuticos Generalistas com competências e habilidades para atuar na atenção à saúde, dentro do seu âmbito profissional, com valores e condutas éticas, conscientes de sua atuação profissional na qualidade de vida da população.

Inserido em um mercado de trabalho amplo e em constante ascensão, o profissional farmacêutico pode atuar em 131 especialidades distribuídas em 10 áreas de concentração regulamentadas pelo Concelho Federal de Farmácia (CFF nº 572/2013).

O curso objetiva formar egressos qualificados, capazes de atender as expectativas do mercado promissor, com capacidade para desenvolver ações de proteção, prevenção e reabilitação da saúde, com espírito empreendedor, aptos a gerenciar processos, serviços e pessoas, com conhecimento científico para agir na prática profissional com excelência.

Nesse sentido, o Curso de Graduação em Farmácia da FACENE, apresenta como perfil do formando egresso/profissional, “o farmacêutico, com formação generalista, humanista, crítica e reflexiva, para atuar em todos os níveis de atenção à saúde, com base no rigor científico e intelectual. Profissional da área de saúde, qualificado para o exercício de Farmácia pautado em princípios éticos, com formação centrada nos fármacos, nos medicamentos e na assistência farmacêutica e, de forma integrada, com formação em análises clínicas e toxicológicas, em cosméticos e em alimentos, em prol da saúde do indivíduo, da família e da comunidade. Pautado na compreensão da realidade social, cultural e econômica do seu meio, dirigindo sua atuação para a transformação da realidade em benefício da sociedade”.

A matriz curricular norteia o desenvolvimento de aptidões relacionadas as atividades de desenvolvimento, produção, manipulação e controle de qualidade de insumos farmacêuticos, fármacos, medicamentos, cosméticos, correlatos, saneantes e alimentos. Realizar a Assistência Farmacêutica em todos os níveis de atenção individual e coletiva à saúde; atuar na vigilância de produtos farmacêuticos, de farmácias e de indústrias farmacêuticas. Realizar a Atenção Farmacêutica, a aferição de parâmetros fisiológicos e bioquímico e a administração de medicamentos, domiciliar, em estabelecimentos de saúde e consultórios farmacêuticos.  Emitir laudos e pareceres de análises clínico-laboratoriais e analítico instrumental de material biológico, amostras toxicológicas, hemoderivados, alimentos e do meio ambiente. Atuar na promoção, prevenção, recuperação e reabilitação da saúde do indivíduo e da comunidade, primando pelos princípios éticos e de segurança, relacionados as políticas públicas de saúde e ao uso racional de medicamentos.

Para o desenvolvimento destas competências a FACENE oferece uma estrutura diferenciada constituído por laboratórios multidisciplinares, bem equipados, onde são desenvolvidas as práticas dos componentes curriculares, dentre os quais, Morfologia Humana, Processos Biológicos, Mecanismos de Agressão e Defesa, Análises toxicológicas, Farmacotécnica, Análises bromatológicas, Análises Clínicas, Controle de Qualidade e Tecnologia Farmacêutica.

Acesse aqui a matriz curricular do curso.

Além disso, é a única faculdade da Paraíba que apresenta a Farmácia Universitária, caracterizada por ser um local de ensino onde os acadêmicos do curso de farmácia experimentam o cotidiano da profissão farmacêutica. Os alunos integram os conhecimentos teóricos e os aplicam em situações reais, com a comunidade, adquirindo habilidades para o trabalho em equipe, tomada de decisões, relações interpessoais, além de concepções de disciplina, hierarquia e responsabilidade.

Estrutura do CURSO DE GRADUAÇÃO EM FARMÁCIA DA FACENE

 Modalidade:

Bacharelado Presencial

Total de Vagas Anuais

200 vagas anuais, com 02 turmas a cada semestre

Dimensões da Turma

50 alunos por turma.

Turno de Funcionamento

Manhã e Noite.

Regime de Matrícula

Seriado semestral.

Carga Horária Total do Curso

4.200 horas aula.

Duração para Integralização Curricular do Curso

Mínima = 04 anos ou 08 semestres e máxima = 06 anos ou 12 semestres.

Endereço de Funcionamento

Av. Frei Galvão, nº 12, Gramame, João Pessoa, Paraíba. CEP: 58067-695.

DIFERENCIAIS DO CURSO DE FARMÁCIA DA FACENE

  • Único da região que possui Farmácia Universitária no campus da Faculdade, onde são realizados dispensação e orientação do medicamento, acompanhamento farmacoterapêutico, manipulação de medicamentos, controle de qualidade de matérias primas e produto acabado manipulado, serviços farmacêuticos (aferição de pressão, aferição de glicemia capilar, temperatura corporal, suporte para o desenvolvimento de atividades de extensão e pesquisa, estágios relacionados ao curso, seguimento farmacoterapêutico para usuários da farmácia universitária através de visitas domiciliares para usuários crônicos de medicamentos;
  • Único curso da região a contar com um hospital próprio, o Hospital Universitário Nova Esperança;
  • Possui dois Centros de Saúde e Centro de Habilidades Clínico-cirúrgicas;
  • Corpo docente composto por 100% de mestres e doutores com larga experiência profissional;
  • Infraestrutura avançada do seu Centro de Ensino Superior, cujos laboratórios são compostos por equipamentos de última geração possibilitando a formação de profissionais de alta performance;
  • Estrutura para estágios em policlínicas, hospitais e farmácias próprias;
  • Troca de conhecimentos e interdisciplinaridade com os professores e estudantes dos cursos existentes na instituição;
  • Oportunidade de participação de atividades práticas e integrativas, com vivência dos cenários de práticas assistenciais desde o primeiro semestre do curso;
  • Apoio institucional e preparação do aluno para o mercado de trabalho, através do núcleo de empregabilidade.
  • Incentivo e fortalecimento da relação entre as atividades de ensino, pesquisa e extensão, através do Núcleo de Pesquisa e Extensão Acadêmicas – NUPEA, estimulando a prática de realização de trabalhos científicos, facilitando sua publicação, já que a Instituição dispõe de sua própria Revista Científica – a Revista de Ciências da Saúde Nova Esperança – de seu Comitê de Ética em Pesquisa – CEP; e de seu Comitê de Ética na Utilização de Animais – CEUA;
  • Ouvidoria institucional exercida por docente com larga experiência profissional e de ensino, de modo dinâmico, acessível e proativo, articulando como elemento estratégico a comunicação entre os atores da comunidade acadêmica (alunos, docentes, funcionários e gestores), objetivando a defesa dos seus direitos individuais e coletivos, promovendo o exercício da cidadania.
  • Realização de palestras educativas, cursos, seminários, simpósios e congressos de temas científicos e multidisciplinares para reciclagem constante de seu corpo discente e docente;
  • Acesso ao exclusivo Ambiente Virtual de Aprendizagem da FACENE/FAMENE;
  • Apoio didático-pedagógico ao aluno, oferecido pelo Núcleo de Apoio Psicopedagógico e de capacitação docente – NAP, constituído de professores-educadores de várias áreas;
  • Biblioteca institucional atualizada e compatível a todas as necessidades dos alunos e docentes. Disponibilidade de bibliotecárias para orientação aos alunos;
  • Acesso ao site institucional ACADWEB, internet 24 horas gratuita na IES, ao ambiente virtual de aprendizagem institucional;
  • Apoio didático-pedagógico ao aluno e aos docentes, oferecido pelo Núcleo de Apoio Psicopedagógico e de Capacitação;
  • Acesso direto aos periódicos da CAPES;
  • Periódico científico – Revista de Ciências da Saúde Nova Esperança – acessível a alunos e docentes do curso.

Acesse aqui o quadro docente do curso

Coordenação do Curso

A Coordenação do Curso de Farmácia é exercida pela professora Dra. Daiene Martins Beltrão, graduada em Ciências Farmacêuticas pela Universidade Estadual da Paraíba (2003), com habilitações em Análises Clínicas (2004) e Farmácia Industrial (2006), especialista em Microbiologia e Micologia (2007), mestre (2012) e doutora (2016)  em Produtos Naturais e Sintéticos Bioativos, pela Universidade Federal da Paraíba. Além de contar com uma boa experiência na atuação clínica e na gestão acadêmica, é membro do Comitê de Ética em Pesquisa (CEP), do Comitê de Ética na Utilização de Animais (CEUA), membro revisor da Revista de Ciências da Saúde Nova Esperança, como também, membro da Comissão de Ensino do Conselho Regional de Farmácia da Paraíba, biênio 2018/2019.

Telefone: (83) 2106-4726

Lattes: http://lattes.cnpq.br/3074811353686072

A Farmácia

Farmácia é a ciência que estuda os processos envolvidos no desenvolvimento de novos fármacos alopáticos, homeopáticos e fitoterápicos, biológicos, nas atividades associadas aos cosméticos, no controle de qualidade dos insumos, medicamentos e alimentos, na realização de análises clínicas e toxicológicas, assistência e atenção farmacêutica.

O profissional farmacêutico encontra-se em um cenário diversificado e em ascensão. Em 2013, o Conselho Federal de Farmácia publicou a Resolução n. 585 que estabelece as atividades clínicas do farmacêutico e a Resolução n. 586 que regulamenta a prescrição farmacêutica, sendo estes marcos históricos para a profissão farmacêutica.

A publicação da Lei nº 13.021/2014, modifica o cenário das farmácia definindo-a como um estabelecimento de saúde, unidade de prestação de serviços destinada a prestar assistência farmacêutica, assistência à saúde e orientação sanitária individual e coletiva, ressaltando a importância do profissional farmacêutico e atribuindo responsabilidades na orientação dos produtos para a saúde, incluindo os suplementos alimentares.

O campo de atuação para o farmacêutico generalista é bastante amplo e multifuncional, destacando-se ainda as atividades de pesquisa e ensino voltadas para as universidades, laboratórios e institutos de pesquisa.

Descrição das áreas de atuação do Farmacêutico reconhecidas pelo Ministério da Saúde.

Linhas de Atuação

I – Alimentos;

II – Análises Clínico-Laboratoriais;

III – Educação;

IV – Farmácia;

V- Farmácia Hospitalar e Clínica;

VI – Farmácia Industrial;

VII – Gestão;

VIII – Práticas Integrativas e Complementares;

IX – Saúde Pública; 

X – Toxicologia.

Descrição das linhas de Atuação:

ANÁLISES CLÍNICO-LABORATORIAIS

Os conhecimentos técnicos, farmacológicos e bioquímicos garantem o sucesso do farmacêutico nessa área, o qual deve estar preparado também para implementar controles de qualidade interno e externo e, inclusive, atuar como empresário, o que demanda conhecimentos nas áreas administrativa e mercadológica. As atribuições tem por finalidade o diagnóstico através da realização de exames. Atua nas seguintes áreas:  análises clínicas; bacteriologia clínica; banco de materiais biológicos; banco de órgãos, tecidos e células; banco de sangue; banco de sêmen; biologia molecular; bioquímica clínica; citogenética; citologia clínica; citopatologia; citoquímica; cultura celular; genética; hematologia clínica; hemoterapia; histocompatibilidade; histoquímica; imunocitoquímica; imunogenética; imunohistoquímica; imunologia clínica; imunopatologia; micologia clínica; microbiologia clínica; parasitologia clínica; reprodução humana e virologia clínica.

FARMÁCIA

Todos os estabelecimentos públicos ou privados, farmácias, clínicas, hospitais, postos de saúde e unidades de pronto atendimento, onde ocorre a dispensação de medicamentos devem contar com a assistência de um farmacêutico responsável técnico. A assistência farmacêutica visa à promoção do uso racional de medicamentos e requer atuação do farmacêutico integrada aos outros profissionais da saúde. É responsabilidade do farmacêutico dispensar e manipular medicamentos, orientar sobre o seu uso correto e, em algumas situações, até prescrevê-los. Atua nas seguintes áreas:  assistência farmacêutica; atenção farmacêutica; atenção farmacêutica domiciliar; biofarmácia; dispensação; farmácia comunitária; farmácia magistral; farmácia oncológica; farmácia veterinária; farmacocinética clínica; farmacologia clínica e farmacogenética. 

FARMÁCIA HOSPITALAR E CLÍNICA

A farmácia clínica é área da farmácia voltada à ciência e prática do uso racional de medicamentos, na qual os farmacêuticos prestam cuidado ao paciente, de forma a otimizar a farmacoterapia, promover saúde e bem-estar, e prevenir doenças. O foco principal do farmacêutico é o paciente, o restabelecimento e proteção da sua saúde, e não o medicamento. As atribuições clínicas do farmacêutico visam proporcionar cuidado ao paciente, família e comunidade, de forma a promover o uso racional de medicamentos e otimizar a farmacoterapia, com o propósito de alcançar resultados definidos que melhorem a qualidade de vida do paciente. Atua nas seguintes áreas:  farmácia clínica domiciliar; farmácia clínica em cardiologia, farmácia clínica em cuidados paliativos; farmácia clínica em geriatria; farmácia clínica em hematologia; farmácia clínica em oncologia; farmácia clínica em pediatria; farmácia clínica em reumatologia; farmácia clínica em terapia antineoplásica; farmácia clínica em unidades de terapia intensiva; farmácia clínica hospitalar; farmácia hospitalar e outros serviços de saúde, nutrição parenteral; pesquisa clínica, consultórios farmacêuticos.

 FARMÁCIA INDUSTRIAL

O farmacêutico na indústria é responsável pela pesquisa, desenvolvimento, produção, comercialização e distribuição de seus produtos. Deve ser capaz de planejar e avaliar adequações de instalações físicas, equipamentos e utensílios, bem como as etapas de  qualificação e validação dos processos de produção e controle de medicamentos. Além disso, deve realizar seleção, aquisição, armazenamento e distribuição de produtos farmacêuticos; desenvolver estudos e pesquisas de novos produtos; e implantar, supervisionar e treinar sistemas de garantia e controle da qualidade. Atua nas seguintes áreas:  controle de qualidade; biotecnologia industrial; farmacogenômica; gases e misturas de uso terapêutico; hemoderivados; indústria de cosméticos; indústria farmacêutica e de insumos farmacêuticos; indústria de farmoquímicos; indústria de saneantes; nanotecnologia; pesquisa e desenvolvimento e tecnologia de fermentação.

TOXICOLOGIA

O farmacêutico nas análises toxicológicas realiza análises para identificar e quantificar os agentes químicos, em matrizes biológicas e não biológicas, com finalidade preventiva e também diagnóstica. As análises também é aplicável no aspecto forense, monitoramento terapêutico, controle antidopagem e controle da farmacodependência. O farmacêutico toxicologista tem a responsabilidade de reconhecer o risco químico decorrente da exposição, intencional ou não, dos agentes tóxicos usados pelo homem, prevenindo, diagnosticando e tomando as medidas cabíveis para evitar ou tratar a intoxicação. Atua nas seguintes áreas: análises toxicológicas; toxicogenética; toxicologia ambiental; toxicologia analítica; toxicologia clínica; toxicologia de alimentos; toxicologia de cosméticos; toxicologia de emergência; toxicologia de medicamentos; toxicologia desportiva; toxicologia experimental; toxicologia forense; toxicologia ocupacional e toxicologia veterinária.

 GESTÃO

O farmacêutico gestor atua como gerente ou diretor farmacêutico, o profissional une o tecnicismo das áreas da farmácia com os conhecimentos de gestão necessários para obtenção de bons resultados corporativos. Destaca-se no âmbito da gestão o farmacêutico auditor, devido ao avanço das legislações na área farmacêutica e a crescente preocupação com a qualidade dos produtos farmacêuticos. A implantação da auditoria farmacêutica constitui-se uma importante ferramenta para controle e avaliação dos recursos e procedimentos adotados nas instituições públicas e privados, visando a melhoria na qualidade e resolubilidade. Atua nas seguintes áreas: assuntos regulatórios; auditoria em saúde; avaliação de tecnologia em saúde; empreendedorismo; garantia da qualidade; gestão ambiental; gestão da assistência farmacêutica; gestão da qualidade; gestão de farmácias e drogarias; gestão de risco hospitalar; gestão e controle de laboratório clínico; gestão em saúde pública; gestão farmacêutica; gestão hospitalar; logística farmacêutica e marketing farmacêutico.

PRÁTICAS INTEGRATIVAS E COMPLEMENTARES

O farmacêutico é primordial nas ações que relacionam as Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares (PNPIC) do Ministério da Saúde. Estas práticas buscam estimular mecanismos naturais de prevenção e recuperação da saúde por meio de tecnologias eficazes e seguras, com ênfase no atendimento humanizado e na integração homem, meio ambiente e sociedade. A importância do farmacêutico destaca-se, não apenas como formulador e produtor de diversos medicamentos, mas também pela responsabilidade na orientação dos pacientes, assim como os profissionais de saúde. Atua nas seguintes áreas: antroposofia; homeopatia; medicina tradicional chinesa-acupuntura; plantas medicinais e fitoterapia e termalismo social/crenoterapia.

SAÚDE PÚBLICA

O farmacêutico especializado em assistência pública de saúde atua na formulação de políticas e planejamento das políticas de saúde de sua esfera de atuação. A maioria das oportunidades está no âmbito governamental. A carreira possui razoável capilaridade, podendo ser exercida em grandes centros urbanos e cidades de pequeno porte. Atua nas seguintes áreas: atendimento farmacêutico de urgência e emergência; controle de qualidade e tratamento de água; controle de vetores e pragas urbanas; epidemiologia genética; Estratégia Saúde da Família (ESF); farmacoeconomia; farmacoepidemiologia; farmacovigilância; gerenciamento dos resíduos em serviços de saúde; saúde ambiental; saúde coletiva; saúde do trabalhador; saúde ocupacional; segurança no trabalho; vigilância epidemiológica e vigilância sanitária.

ALIMENTOS:

O profissional farmacêutico que atua na área de produção e cuidados relacionados aos alimentos, tem conhecimentos aprofundados de gestão industrial e ferramentas da qualidade, de normas nacionais e internacionais de boas práticas de fabricação de alimentos e de técnicas de controle de qualidade, gestão de projetos e processos. Capacidade de negociação, aptidão para tarefas administrativas e algumas habilidades, como liderança e comunicação, são imprescindíveis, visto que estes profissionais assumem, muitas vezes, cargos de nível estratégico ou tático nas empresas alimentícias. Atua nas seguintes áreas: cuidados farmacêuticos no uso dos suplementos alimentares, alimentos funcionais e nutracêuticos; banco de leite humano; controle de qualidade de alimentos; microbiologia de alimentos; nutrição enteral; nutrigenômica; pesquisa e desenvolvimento de alimentos e produção de alimentos.

EDUCAÇÃO

A docência tem como uma das principais responsabilidades formar novos farmacêuticos. A curiosidade, a busca pelo aprimoramento constante, o desejo de compartilhar aprendizados, a construção do conhecimento, a habilidade de comunicação, a capacidade do improviso e o querer estar entre os estudantes são algumas das características necessárias para ser um professor. O farmacêutico atua como educador seja na orientação de um paciente ou na realização de capacitações/ treinamentos para farmacêuticos ou outros profissionais. Atua nas seguintes áreas:  docência do ensino superior; educação ambiental; educação em saúde; metodologia de ensino superior e planejamento e gestão educacional.

 

Encargos referentes às taxas e mensalidades do Primeiro e do Segundo Semestres de 2019

R$ 1.395,00 (Um mil trezentos e noventa e cinco reais).

Formas de reajuste dos encargos financeiros

  • Planilha de custos para ajustamento de valores;
  • Índice inflacionário;
  • Investimentos-reagente anual.

Documentos